Existe Mapa Astrológico de empresa?

 

Existe Mapa Astrológico de empresa?

mapaastraldempresaÉ com frequência que escuto a pergunta: “Existe mapa astral de empresa? Se sim, qual o momento a ser utilizado para o cálculo do mapa de uma empresa?”.

Qualquer evento sob a superfície da Terra é passível de ser analisado astrologicamente, ou seja, pode-se calcular um Mapa Astrológico para qualquer atividade que possua um início demarcado no tempo e no espaço. Sob esta ótica, portanto, podemos obter Mapas Astrológicos, não apenas para pessoas, mas também para eventos de qualquer natureza.

 

 

Inclusive há uma disciplina na Astrologia, denominada Eletiva que trata de “eleger” momentos mais adequados para início de alguma atividade. Assim, a “escolha de um momento” nada mais é que a escolha de um Mapa Astrológico mais adequado possível para aquela atividade.

 

A partir deste Mapa estuda-se os efeitos cíclicos ao longo do desenvolvimento da atividade. O princípio é simples: nada está parado no Universo, mas ao contrário, em movimento cíclico, portanto esta “fotografia” não será mais a mesma minutos após ter sido tirada. É este movimento que indicará as tendências astrológicas.

 

Para exemplificar, o Mapa Astrológico de um indivíduo é calculado para o momento em que ele “respira”, ou seja, torna-se vida independente da mãe. A partir deste instante é irreversível o fato de ter nascido, pois já é um ser isolado de quem o gerou, podendo até, em última análise, continuar a viver independentemente do que ocorra à sua mãe!

 

Com uma empresa, o contexto é análogo, guardadas as características do fato em si, ou seja, uma empresa somente começa a existir de forma independente e irreversível após sua inauguração, ou seja, quando entra em funcionamento verdadeiramente. 

 

 

Portanto, o momento para o cálculo do mapa da empresa é o da inauguração. Quando não ocorre uma inauguração formal, segue os seguintes parâmetros:

  1. comércio, quando suas portas são abertas ao público;
  2. indústria, quando se inicia a produção (“start up”) e;
  3. serviço, quando da abertura do escritório ou fechamento do primeiro negócio. Em alguns casos basta a assinatura do contrato social.

Por outro lado, nem sempre é fácil se saber estes horários de início efetivo das atividades, criando a necessidade da utilização de Mapas “substitutos”, conforme segue:

  • uma S.A. será usado o momento de início da Assembleia de acionistas que a deu origem.;
  • uma micro/pequena empresa onde o proprietário é quem decide praticamente tudo, será o próprio Mapa Astrológico de nascimento dele;
  • uma empresa com vários sócios, será utilizado o Mapa Composto[1] dos sócios que administram a empresa

Em casos especiais, pode-se utilizar o Mapa Astrológico do Presidente da empresa.

Cabe acrescentar que, além do Mapa Astrológico da empresa, têm-se mapas de filiais, agências, representações, etc., Da mesma forma, em algumas situações específicas pode se tornar necessário o cálculo de mapas de departamentos, de produtos, de campanhas publicitárias, etc.

Por fim, é notável o leque de possibilidades! E é notável, também, os resultados práticos em termos de melhoria nos negócios, obtidos a partir destes mapas astrológicos empresariais.

Mauricio Bernis